Como criar um plano de negócios para turismo rural sem complicações

O turismo rural é um dos setores do mercado turístico que mais tem atraído empreendedores interessados em fazer bons negócios.

Esse fenômeno é uma das consequências da mudança de comportamento de muitos turistas, que têm demonstrado preferência por destinos turísticos relacionados ao campo e à típica vida de interior.

Contudo, não basta apenas ter vontade ou uma boa ideia. Para entrar nesse mercado, é imprescindível, antes de qualquer coisa, ter um bom plano de negócios para turismo rural, ou agroturismo, como algumas pessoas chamam esse ramo.

Mas, como criar um plano de negócios eficaz que seja voltado para o turismo rural?

Qual é o passo a passo rumo à criação de um negócio sólido nesse setor?

Se você tem essas dúvidas, chegou ao artigo certo. Ao longo dos próximos tópicos nós discorremos sobre tudo que envolve esse assunto. 

Continue lendo!

O que é um plano de negócios e qual sua importância?

Em resumo, o termo “plano de negócios” se refere a uma espécie de roteiro de implementação de um negócio.

Inclusive, aqui já vale ressaltar que qualquer tipo de negócio, de qualquer ramo ou setor, precisa ser executado sob um bom plano de negócios para que dê certo.

Nesse “roteiro” devem estar contidas todas as informações (em formato de passo a passo) que irão nortear a implementação, execução e desenvolvimento do novo empreendimento.

É através do plano de negócios que o empreendedor fica sabendo o que fazer, porque fazer e quando fazer determinadas coisas relacionadas à empresa que está surgindo.

Por tudo isso, é correto afirmar que uma empresa não pode ser realmente saudável sem que siga um plano de negócios montado previamente. E claro, essa lógica também engloba negócios voltados ao turismo rural!

Conheça alguns exemplos de empreendimentos bem sucedidos e que são voltados ao turismo rural

Como bem colocamos neste outro artigo, no qual discorremos de forma mais aprofundada sobre o turismo rural, essa atividade é uma ótima opção para quem deseja ingressar no mercado turístico.

Para exemplificar melhor esse fato, decidimos trazer dois belos exemplos de empreendimentos que apostaram na criação de um bom plano de negócios para turismo rural e hoje colhem os frutos desse planejamento. 

Saiba mais nos tópicos abaixo!

Restaurante Rural Cabana Rosso – Medianeira/PR

O primeiro case de sucesso do qual queremos falar é o Restaurante Rural Cabana Rosso, localizado na zona rural de Medianeira, no interior do Paraná.

No espaço onde hoje funciona o restaurante, havia uma propriedade familiar tradicional, pertencente ao casal Assir e Vaneide Rosso, que foi parcialmente transformada num charmoso restaurante rural.

Hoje em dia, o Cabana Rosso é conhecido como um importante centro gastronômico que segue as tradições culinárias do interior paranaense e da região de Medianeira.

Lá são servidas comidas típicas preparadas “à moda antiga” e servidas em um espaço aconchegante que também preserva estilos arquitetônicos tradicionais.

O Restaurante Rural Cabana Rosso é um belo exemplo de como uma área rural “comum” pode se integrar ao circuito turístico de uma região através da correta execução de um plano de negócios para turismo rural.

Instituto Pedra da Mata – Santa Tereza do Oeste/PR

Por fim, temos o Instituto Pedra da Mata, localizado na zona rural da cidade de Santa Tereza do Oeste, também no interior do Paraná.

Essa instituição está sediada em uma propriedade pertencente a um casal de engenheiros agrícolas que sempre sonharam em ensinar, na prática, a importância da preservação ambiental.

A estrutura do Pedra da Mata compreende, principalmente, um sítio escola e um eco-hostel que recebem dezenas de visitantes todos os meses.

Nos espaços do instituto são ministradas aulas sobre educação ambiental, sustentabilidade, consumo consciente, alimentos vegetarianos, terapia através da arte, etc.

Além disso, vale dizer que tanto é possível fazer uma visita rápida ao instituto quanto se hospedar no local para conhecê-lo melhor.

É ou não é um belo exemplo de propriedade rural que foi devidamente preparada para o turismo?

Hotel fazenda com um plano de negócio para turismo rural

Como criar um plano de negócios para turismo rural?

Um bom plano de negócios para turismo rural deve levar em consideração todos os objetivos necessários a qualquer tipo de negócio, do menor ao maior, em qualquer setor.

Porém, o agroturismo tem algumas especificidades que devem nortear o plano. Esse fenômeno também acontece com negócios baseados em outros tipos de turismo, como é o caso do turismo receptivo, por exemplo.

Nos próximos tópicos você encontra um passo a passo que configura uma ideia de plano de negócios para turismo rural. Confira com atenção, pois nenhum dos pontos citados abaixo pode ser deixado de lado na hora da execução!

1) Inicialmente, faça uma análise profunda sobre o setor

Para iniciar o seu plano de negócios, você precisa analisar profundamente como está o setor turístico de forma geral e mais especificamente como anda o turismo rural no país como um todo e na sua região mais especificamente.

Você pode usar matérias jornalísticas, estudos, dados de pesquisa, conteúdos de eventos voltados ao setor, etc. Ou seja, tudo o que for útil para uma ambientação.

Contudo, não se esqueça de fazer anotações e frisar pontos relevantes durante a sua análise. Além disso, evite “correr” muito. Faça tudo com calma e compassividade.

2) Invista em uma análise PESTA para ter mais consistência 

Depois de fazer uma análise mais genérica sobre o setor de turismo rural, chegou a hora de fazer uma análise PESTA, que serve para observar as seguintes variantes:

  • Político-legal: se refere à observância de políticas públicas voltadas ao turismo e às disposições contidas na Lei Geral do Turismo, por exemplo. Preste uma atenção especial às exigências e formas de legalizar o seu negócio.
  • Econômica: neste caso, diz respeito a todos os dados econômicos relacionados ao turismo rural.
  • Social: é a parte da análise em que devem ser investigados os impactos sociais do turismo rural.
  • Tecnológica: é basicamente a busca de referências sobre os tipos de tecnologias que podem ser utilizadas na prática do turismo rural.
  • Ambiental: considerada parte essencial do turismo rural, a análise da situação ambiental deve levar em consideração vários fatores, sobretudo as peculiaridades do local onde o negócio será instalado.

Ao fim da análise PESTA você terá dados importantes que devem ser utilizados na implementação do seu negócio.

3) Defina um nicho para trabalhar e os serviços que serão oferecidos

Assim como todos os tipos de turismo, o agroturismo possui diversos nichos, como o gastronômico, de hotelaria, serviço de guia de turismo, etc.

Então, durante a confecção do seu plano de negócios você precisa destacar em qual nicho o seu negócio estará posicionado, pois a regulamentação do seu negócio e as ações de marketing em torno dele dependem disso.

Ademais, é justamente a definição do nicho que irá determinar quais serviços serão oferecidos e quais eventuais modificações terão que ser feitas no(s) imóvel(eis) que serão utilizados.

Como exemplo, os dois cases de sucesso que apresentamos anteriormente estão posicionados nos nichos de gastronomia e educação/hotelaria, respectivamente.

Inspire-se nessas histórias e nas adaptações que foram feitas para colocar a mão na massa em seu projeto próprio.

4) Elenque tudo o que vai precisar para colocar o negócio em funcionamento

Nessa seção do plano de negócios para turismo rural devem ser elencados todos os suprimentos necessários para o funcionamento do empreendimento, desde os mais básicos até os mais sofisticados.

Se você vai montar um hotel rural, por exemplo, poderá precisar móveis, utensílios de cozinha, computadores, roupas de cama e cozinha, etc. Tudo o que for necessário precisa ser listado.

5) Defina um orçamento 

O quinto passo desse exemplo de plano de negócios para turismo rural é a definição de um orçamento para investir na implementação do projeto.

Aqui, você deverá analisar o que tem disponível e o que pode conseguir para investir, sempre observando quanto o projeto “pede” de investimento.

Ainda nesse sentido, a dica é fugir de empréstimos, cartões de crédito e qualquer outro tipo de dívida. Lance mão dessas alternativas apenas em último caso!

6) Busque conhecer a concorrência e o mercado que envolve o turismo rural

Antes de colocar o seu plano de negócios para turismo rural em prática, você deve também conhecer o trabalho da sua concorrência.

Essa análise serve como um termômetro para o mercado, onde deve ser observada a oferta e demanda de produtos e serviços, preços praticados, etc. 

Fique atento para cativar os clientes e atrair turistas para o seu novo negócio!

7) Pense em como vai divulgar o seu negócio

Nessa altura do plano de negócios, o seu empreendimento já vai estar “engatilhado”. Por isso, aqui é o momento certo para montar um bom plano de marketing.

Como você sabe, a divulgação é essencial para que as pessoas conheçam os seus produtos e serviços e se interessem por consumi-los.

Portanto, defina uma boa estratégia de marketing e ponha o seu plano de negócios à prova.

8) Descreva um completo plano operacional

Para finalizar o nosso exemplo de plano de negócios para turismo rural, apontamos a necessidade de se criar um plano operacional.

Resumidamente, o plano operacional de uma empresa é a arquitetura do dia a dia desse negócio. Ou seja, no seu plano operacional você deve dividir os setores do seu empreendimento em áreas de atuação e delegar os responsáveis por cada um deles.

Por esse motivo, nesse ponto você já deve ter contratado uma equipe de colaboradores, tendo ainda os treinado e equipado corretamente.

Ah, e só uma dica: esqueça essa história de “todo mundo faz tudo”. Defina as tarefas e organize o fluxo organizacional do seu empreendimento, pois só assim o seu negócio irá crescer de uma forma saudável!

Revisão, acompanhamento e fidelização ao plano de negócios: fique de olho nesses processos

Após a finalização do seu plano de negócios para turismo rural, você deve investir na revisão, acompanhamento e fidelização desse documento.

Em outras palavras, você deve trabalhar para garantir que o plano seja executado corretamente, dia após dia e sem vacilar.

Contudo, saiba que você não está sozinho nem durante o processo de criação do seu plano de negócios para turismo rural, nem na execução do roteiro.

O Paytour dispõe de uma série de produtos e serviços que facilitam essa tarefa e ajudam você a alcançar o sucesso com o seu negócio. Conte com a gente!

Compartilhe esse post
Irineu do Paytour
Irineu do Paytour
Analista de Marketing e Comunicação do Paytour.

Outros artigos que separamos para você

Práticas de sucesso para o empreendedorismo no setor de turismo

Existem desafios para quem se aventura no empreendedorismo no setor de turismo, mas também é possível enxergar diversas soluções e ideias vencedoras.

LEIA MAIS →

Gestão de turismo receptivo: as melhores estratégias para alavancar seu negócio

Descubra as vantagens de investir na gestão de turismo receptivo e as melhores estratégias para alavancar seu negócio e vender mais!

LEIA MAIS →

Chegou a Paytour Smart, mobilidade e praticidade para você!

      O turismo é feito da mobilidade, nasce da capacidade de se movimentar, ir e vir para os lugares que deseja e explorar nossos caminhos a partir desse setor cada dia inovador. Pensando na mobilidade dos nossos lojistas e dos seus clientes, nós chegamos em nosso novo produto, a Paytour Smart.      […]

LEIA MAIS →

Solução

Acompanhe nossas redes sociais

Fale com a gente

Comercial

[email protected]

Suporte

Avaliações

Credenciado

Credenciado

Aceleração

Desenvolvido por Paytour

Vende passeios, atividades ou atrativos turísticos?