Por que você não deve ignorar o poder das redes sociais no turismo?

Você, agente de viagens, responda rápido: quantos clientes já solicitaram um destino estimulados pelas publicações de algum influenciador? Com certeza, muitos, né? Isso mostra o poder das redes sociais no turismo que você pode usar aí, no seu negócio.

De fato, a cadeia turística descobriu, em tempo, o poder das redes sociais para o encantamento do cliente e, consequentemente, aumento das vendas. Tanto que Instagram, Facebook e, mais recentemente, o Tik Tok viraram ferramentas de promoção dos serviços. 

Importante destacar, aliás, que as redes sociais estão inseridas no marketing digital, cujas estratégias já se mostraram eficazes para atração e fidelização de clientes. Então, se você ainda não começou a usá-las, está na hora de aprender! 

Afinal, por que as redes sociais são tão importantes para o turismo? 

O fortalecimento das redes sociais e das mídias digitais em geral construiu um perfil de turistas: o viajante 4.0. Trata-se da pessoa que planeja a sua viagem com base no que assiste em canais do YouTube, perfis de influenciadores e sites especializados, bem como blogs. 

Consequentemente, as redes sociais no turismo se consolidaram como meio da jornada de compra do cliente. E o caminho é muito simples: 

  • O cliente tem contato com a publicação sobre algum destino específico
  • Pesquisa sobre aquele destino 
  • Planeja sua viagem (data, duração, roteiro, etc) 
  • Adquire o produto 
  • Viaja (e posta nas suas redes)
  • Volta comentando tudo o que viveu (e repostando nos famosos #tbt)

Por isso, é mandatório que qualquer empresa do ramo turístico, seja hotel, restaurante ou agência, tenha presença garantida nas redes sociais. Afinal, elas são a vitrine, não só para o negócio, como também os serviços que são disponibilizados.  

A propósito, esse posicionamento tem a ver com o próprio perfil deste viajante 4.0. Basta reparar no seu próprio comportamento durante uma viagem. Tudo o que você vê ou experimenta, desde o drink na praia até o passeio mais elaborado, vai para as redes, certo? 

E aí, o que você faz ao postar a foto? Marca o restaurante, hotel ou o estabelecimento onde está. Deste modo, fortalece a marca daquele lugar e garante seu bom posicionamento digital. Por outro lado, empresas não digitalizadas acabam caindo no esquecimento.    

O que explica a importância do ambiente digital para o setor de viagens?

A explicação está, sobretudo, nos números. Só para ilustrar, o brasileiro passa, em média, três horas e 47 minutos, por dia, nas redes sociais. Ou seja, estamos entre os usuários mais intensivos das mídias e meios digitais. 

De fato, os números já eram altos antes da pandemia, quando éramos o terceiro país que mais se conectava às redes, lá nos idos de 2020. Com a pandemia e o isolamento social, essa presença se intensificou, consolidando a adesão à lives, vídeos e publicações. 

Outro ponto primordial, sobre o qual já comentamos, é a jornada de compras do cliente por meio das redes sociais. Assim, elas se mostram como ferramentas de atração do consumidor, encantamento, fidelização e, consequentemente, novos negócios. 

A internet como impulsionadora do turismo pelo mundo 

Tipos de redes sociais no turismo

O acesso à internet, sem dúvidas, cresceu de forma substancial nos últimos anos, chegando a superar os quatro milhões de usuários em todo o mundo. Muito disso se deve à facilidade proporcionada pelos smartphones e, claro, ao consumo das mídias digitais. Nisso, se insere as redes sociais no turismo. 

Como a comunicação interpessoal é particularmente favorecida pelo uso das redes, o compartilhamento das experiências leva as possibilidades de destinos, serviços e equipamentos a muito mais longe. 

Sendo assim, é inegável a influência da internet no impulsionamento do turismo, graças a disseminação de informações e estratégias de marketing turístico  

Como o profissional do turismo pode usar as redes sociais a seu favor?

Em primeiro lugar, é preciso conhecer quais as redes sociais mais utilizadas no turismo. A princípio, para conhecer o comportamento do consumidor, identifica-se que as redes mais acessadas pelo brasileiro são, além do WhatsApp: 

  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook
  • Tik Tok
  • Messenger 
  • LinkedIn 
  • Pinterest
  • Twitter
  • Snapchat 

Destas, as mais aplicadas durante as utilizadas para fins turísticos são o Instagram e Facebook. O que não significa, porém, que você deva ignorar as demais. Pelo contrário, cada rede tem suas estratégias, público alvo e finalidades. 

Inclusive, é preciso compreender a influência das redes no consumidor, desde a descoberta até o pós-viagem, passando pela decisão de compra. Neste sentido, o sucesso vai depender do conhecimento que tem de cada canal.  

Como funciona cada rede social no turismo 

Abaixo, veremos os principais recursos que cada rede social disponibiliza para atingir seu público alvo. 

Facebook

Apesar de muitos afirmarem que o auge da rede já passou, ela ainda é bastante utilizada pela possibilidade real de geração de negócios. Um dos recursos disponibilizados pela rede é o Marketplace, por onde são alugados quartos, apartamentos e comercializados serviços diversos. Além disso: 

  • Permite a segmentação do cliente para anúncios e a análise do perfil por meio do Facebook Audience Insights
  • Personalização da página 
  • Lives e eventos ao vivo 
  • Messenger para se comunicar com o cliente 
  • Publicação de vídeos e fotos em 360º 

Por fim, é uma rede de baixo custo eficaz para a manutenção dos clientes. 

Instagram 

Uma das redes sociais no turismo mais utilizadas, tem recursos que aumentam a visibilidade da marca, a saber: 

  • Análise do perfil dos seguidores conforme faixa etária, gênero, localização e até o horário de maior acesso 
  • Uso dos stories para publicação e, também, anúncios
  • Hashtags
  • Lives 
  • Vídeos patrocinados e promovidos 
  • Uso de recursos de imagens, como filtros, boomerang, entre outros  

Ah, e no Instagram, precisamos falar dos Influenciadores. Sua presença é tão forte que o engajamento de alguns os levam a ancorar programas em canais televisivos de viagem! 

Aliás, eles são uma ótima forma de alavancar seu negócio, sendo um canal de venda, pois podem indicar seu serviço e serem comissionados por isso. 
Falando nisso, confira como funciona o nosso Programa de Afiliados.

YouTube

A plataforma de conteúdo e, ao mesmo tempo, uma rede social que pode ser usada no turismo se torna um grande aliado graças à publicação de bons vídeos. Também viabiliza a veiculação de anúncios. 

WhatsApp

Ferramenta de negócios em potencial, o WhatsApp pode ser usado como rede social no turismo para aumentar o relacionamento com o cliente. Isso se dá tanto na resposta aos contatos diretos quanto na promoção de serviços. 

Linkedin

Como é uma rede social voltada para o profissional, a empresa pode criar sua página e, nela, postar conteúdos relacionados a serviços, vagas e republicar postagens relacionadas à área.   

TripAdvisor 

Quantas pessoas não dão uma olhada no TripAdvisor para ter opiniões (algumas bastante sinceras, diga-se de passagem) sobre destinos e atrações? O interessante é que a plataforma permite, além das avaliações, inserir fotos dos viajantes.

Dicas de estratégias 

As estratégias aplicadas nas redes sociais no turismo não diferem daquilo que é feito no marketing digital, em geral. O ponto chave, inicialmente, é alinhá-las ao que o seu cliente quer e, para isso, é preciso conhecer o público alvo, isto é, a persona. A partir daí: 

  • Postar conteúdos adaptados ao formato e perfil de uso de cada rede social 
  • Interagir com os usuários, inclusive respondendo às suas demandas e gerando maior audiência 
  • Usar as hashtags para “ranquear” sua publicação entre os assuntos mais buscados    
  • Investir nos anúncios para dar maior visibilidade às postagens

Por isso, vale dar uma estudadinha no básico do marketing digital e, se for o caso, contratar um profissional especializado. 

O que tem de novo nas redes sociais? 

Novas mídias despontaram nos últimos meses, como o Be Real, WeChat, HouseParty, Hello, Reels do Instagram e Twitch TV. Todas podem e devem ser utilizadas como redes sociais no turismo. Quanto às já tradicionais, podemos apontar algumas tendências para 2023

  • Publicações sob recomendações de Inteligência Artificial 
  • Click to message como engajamento do Facebook
  • Live Shopping do Instagram

Já fez sua rede social? 

Como vimos, elas são ferramentas poderosas de venda e encantamento do cliente. Porém, é preciso conhecê-las a fundo para desenvolver as estratégias certas e converter suas publicações em negócios.

Compartilhe esse post
Irineu do Paytour
Irineu do Paytour
Analista de Marketing e Comunicação do Paytour.

Outros artigos que separamos para você

10 ideias de publicações para você compartilhar no Instagram do seu negócio de turismo

Criar estratégias para explorar o potencial do Instagram e manter o relacionamento com os viajantes é fundamental para atrair novos visitantes.

LEIA MAIS →

Crescimento do Paytour vira notícia e faz sucesso!

O Paytour está crescendo e não poderíamos estar mais felizes! Confira agora o que estão falando sobre nós

LEIA MAIS →

17 estratégias para vender passeios online e alavancar seu negócio

Ao colocar em prática estas estratégias para vender passeios online lembre-se de sempre priorizar a experiência do consumidor e fazer com que ele se sinta especial.

LEIA MAIS →

Solução

Acompanhe nossas redes sociais

Fale com a gente

Comercial

[email protected]

Suporte

Avaliações

Credenciado

Credenciado

Aceleração

Desenvolvido por Paytour

Vende passeios, atividades ou atrativos turísticos?