Dia do Guia de Turismo: confira 7 dicas para se diferenciar nesse mercado!

Com o reaquecimento da economia e do setor turístico depois de dois anos de estagnação, a importância do guia de turismo volta à primeira cena novamente.

Afinal, é impossível fazer uma viagem que se preze sem a presença de um guia de turismo qualificado, o que torna a presença desses profissionais um detalhe ainda mais indispensável em qualquer pacote ou roteiro de viagem.

Mas, o que torna um guia de turismo realmente diferente dos demais?

Ao longo desse artigo nós abordamos temas importantes e damos dicas para que você, que atua como guia de turismo, se destaque na profissão. Acompanhe!

Como surgiu o dia do guia de turismo?

Tendo sido regulamentada em 1993, a profissão de guia de turismo ganhou um dia para comemorações em 2002, através de um projeto de lei do então vereador Otávio Leite, da cidade do Rio de Janeiro.

O documento instituiu o dia 10 de Maio de cada ano como o dia do guia de turismo. Do Rio, o dia do guia de turismo ganhou o Brasil, e hoje é lembrado em diversas cidades brasileiras.

Essa data possui uma importância bem além da simbólica, sendo também um dia de orgulho para essa categoria tão importante.

Vale sempre a pena enaltecer os profissionais de turismo brasileiros, em especial os guias de turismo, porque apesar de muitas vezes serem desvalorizados pelas autoridades e mal remunerados, eles têm uma importância ímpar na arte de conhecer cada pedaço do Brasil, um país que é turístico por natureza.

Para ser guia de turismo diferenciado, você precisa estar legalizado

Como citamos no tópico anterior, a profissão de guia de turismo foi reconhecida como atividade legal há quase 30 anos.

Dessa forma, para exercer a atividade corretamente é necessário cumprir as prerrogativas legais e abandonar a clandestinidade.

É importante ter, primeiramente:

  • Graduação ou curso técnico em algum curso ligado à área de turismo.
  • Credencial ou carteira de identificação expedida pela secretaria de turismo do estado.
  • CNPJ (MEI) correspondente à área de atuação.
  • Cadastro no Cadastur, o sistema de inclusão de pessoas físicas e jurídicas que atuam no setor do turismo, ligado ao Governo Federal.

No que diz respeito ao Cadastur, vale destacar que o cadastro na plataforma é obrigatório, mas traz vários benefícios e incentivos a quem quer exercer a profissão de guia de turismo. 

Tecnologia: braço forte, mão amiga

Homem usando tecnologia para encontrar guia de turismo

Hoje em dia é praticamente impossível atuar em qualquer profissão sem a ajuda da tecnologia e da internet.

Com a aproximação do dia do guia de turismo, é necessário alertar aos nobres integrantes dessa profissão que uma atualização nesse sentido é indispensável.

Frequentemente o guia de turismo precisa fazer cadastros de pessoas, vendas de pacotes ou consultas diversas, por exemplo.

Para ajudar nesse processo, existem sistemas tecnológicos que são totalmente operados de forma virtual, como é o caso do Paytour, que oferece pacotes de serviços que facilitam a vida do guia de turismo e de outros profissionais do setor turístico.

Desfrutando das facilidades do Paytour, o especialista pode focar apenas em fornecer uma experiência incrível aos seus clientes.

7 dicas para ser um guia de turismo top!

Para complementar as informações valiosas que você já viu até aqui, confira mais 7 dicas para ser um guia de turismo totalmente diferenciado!

1) Defina bem a sua categoria de atuação

A direção é mais importante que a velocidade, correto?

Por isso, antes mesmo de começar a atuar como guia de turismo, você precisa definir que tipo de guia você será. As principais opções são as seguintes:

  • Guia Regional: profissional especializado em roteiros no seu próprio estado, cidade ou região.
  • Guia de Excursão Nacional: guia com conhecimento aplicável em vários locais turísticos do país.
  • Guia de Excursão Internacional: especialista apto a guiar viajantes a outros países, principalmente os vizinhos.
  • Guia de Atrativos Turísticos: guias especializados em locais específicos, como parques ecológicos, sítios arqueológicos, monumentos, ruínas e etc.
  • Guia de Atrativos Naturais (ecoturismo): guias especializados em roteiros que envolvem cachoeiras, cânions, florestas, áreas costeiras e outros.

Encontre a sua praia!

2) Alimente o seu amor pela profissão diariamente

Estar motivado é uma necessidade de todo e qualquer profissional, e com o guia de turismo não é diferente.

Traga à memória todos os dias a sua missão e as coisas que lhe motivam a seguir em frente.

Aproveite o próximo dia do guia de turismo para celebrar a sua profissão e relembrar a sua importância.

3) Aprenda novas línguas

Eventualmente você vai se deparar com estrangeiros e, claro, é necessário saber se comunicar com eles.

Uma dica para iniciar a imersão em novos idiomas é começar pelo inglês e depois migrar para o espanhol, o francês e o italiano respectivamente.

4) Cuide da sua saúde física e mental

Guia de turismo exercitando o físico e a mente

A profissão de guia de turismo exige muito do físico do profissional, por causa das caminhadas e da exposição às intempéries, e da mente, por exigir boa memória e concentração.

Alimente-se bem, faça exercícios físicos e pratique meditação e terapia para cuidar da mente.

5) Profissionalize o seu negócio

Não permita que seus clientes tenham a impressão de que você é um amador ou que não liga para o seu negócio.

Formalize a sua empresa, qualifique-se e desenvolva uma postura que seja compatível com as suas atividades.

6) Seja acessível e compreensivo

Tenha em mente que muitos dos seus clientes são pessoas que nunca visitaram o lugar onde estão sendo guiados por você.

Com isso, muitos deles podem ver na sua pessoa um guia não apenas de turismo, mas para todos os aspectos da sua estadia na viagem.

Por isso, não ignore ligações nem trate com frieza as pessoas que pedirem uma ajuda “fora do expediente”, por exemplo.

Seja empático, gentil e solícito, pois isso fortalecerá os laços entre você e essas pessoas. 

7) Busque o máximo de conhecimento que puder absorver

Os seus clientes veem você como um “sabe tudo” sobre a região e os pontos turísticos onde você atua.

Por isso, nunca pare de buscar mais e mais conhecimento sobre as suas especialidades e a profissão como um todo.

Seja mais que diferente, seja único!

Para realmente se destacar neste dia do guia de turismo e em todos os outros, aplique as dicas indicadas nesse artigo de forma perpétua na sua carreira.

Vença as dificuldades com persistência, mas também com constância e disciplina. 

Aproveite a viagem!

Compartilhe esse post
Marcus Borges
Marcus Borges
Inovar o turismo, potencializando experiências e transformando resultados.

Outros artigos que separamos para você

Paytour expõe em 5ª FEMPTUR e participa de 10º Fórum de Turismo do RN

Nos dias 29 e 30 de março, no Centro de Convenções de Natal, o Paytour participa como expositor do maior evento de turismo do estado, a Feira dos Municípios e Produtos Turísticos do RN (FEMPTUR), além de participar também do 10º Fórum de Turismo do RN. A Feira, que está em sua 5ª edição, vem […]

LEIA MAIS →

4 formas de se preparar para recuperar seu negócio de turismo pós pandemia

Confira 4 formas de você preparar o seu negócio de turismo para o período pós quarentena.

LEIA MAIS →

Utilize estratégias de marketing ao seu favor com o Paytour

Muitas empresas de turismo são adeptas de diversas estratégias de marketing para conquistarem os seus clientes. Seja por meio das redes sociais, do marketing boca a boca, por meio de formas de fidelização do público, do relacionamento estreitado do com os clientes ou até mesmo por meio da ação de influenciadores digitais. O importante é […]

LEIA MAIS →
Ainda não vende seus atrativos na internet?
Clica aqui que a gente te liga