Leitura: 3 minutos

O Meia-Noite em Paris é uma opção de turismo, para brasileiros na capital francesa, que tem como objetivo explorar a cidade por meio de passeios turísticos usando bike ou caminhando, tudo isso contando com roteiros e horários inovadores para uma melhor experiência do cliente e conta também com a presença do Paytour em suas vendas online.

A idealização do negócio partiu da paulista Fernanda Hinke, que se mudou para Paris há sete anos e passou a receber diversos pedidos de pessoas, que queriam que ela os levassem para conhecer melhor a Cidade Luz. Ela concordava, mas tinha uma ressalva: “Só se for de bicicleta!”.

Devido a isso, dois anos após chegar em Paris, ela deu início às atividades do negócio, se diferenciando pelos passeios de bicicletas realizados à meia-noite, que vem proporcionando aos turistas a oportunidade de explorar a capital francesa de uma forma ainda mais íntima.

O empreendimento de sucesso, que tem hoje cinco anos de existência, conta com o Paytour para aprimorar os serviços de reservas de passeios realizadas pela internet, com muita segurança e praticidade. Para falar um pouco mais sobre a experiência de utilizar o nosso sistema, entrevistamos a criadora do Meia-Noite em Paris, Fernanda Hinke. Confira:

Como eram realizadas as reservas online antes do Paytour?

Nós passamos por 2 tipos de reservas antes da Paytour. Durante os 3 primeiros anos as pessoas faziam a pré-reserva via depósito bancário, nos enviavam o comprovante e então enviamos a confirmação da reserva, era tudo manual. Já nos 2 últimos anos os pagamentos eram feitos através de uma plataforma parceira que foi adaptada para reserva de serviços.

O Meia-Noite em Paris tinha problemas com overbooking?

Nunca tivemos, pois temos uma estrutura flexível e podemos atender mesmo reservas de última hora.

O que mais mudou para o Meia-Noite em Paris após a implementação do Paytour?

Ficamos mais independentes. Também conseguimos expor melhor nossos passeios, além disso o processo de reserva, pagamento e envio do voucher ficou mais rápido e transparente. E por últimos sentimos que nos posicionamos rápido nas buscas do google em função das ferramentas de SEO disponíveis na plataforma unido ao nosso desempenho de produção de conteúdo de qualidade.

O número de reservas online aumentou ou diminuiu após o uso do nosso sistema?

Estamos passando por um processo de transição. Antes as nossas reservas eram feitas por um site parceiro. Em 2018 as reservas puderam ser feitas tanto na nossa plataforma como na plataforma do nosso parceiro. Em 2019 seremos totalmente responsáveis pelas reservas e fizemos um novo acordo com nossos parceiros, e iremos trabalhar com o sistema de afiliados. O grande ganho neste primeiro ano foi a independência que adquirimos através da plataforma Paytour, e estamos bastante otimistas para o ano de 2019.

Você está satisfeita com os serviços do Paytour?

Estamos muito satisfeitos. Embora a plataforma seja padrão para todos os clientes, sentimos uma grande abertura da equipe Paytour para ouvir nossas necessidades de adaptação e sugestões de melhoria, e muitas delas vem sido atendidas.