Descomplicando o marketing para receptivos: aprenda a criar estratégias para atrair o turista ideal

Existe um fato na rotina dos receptivos que é inegável: a quantidade de visitantes recebidos coloca os profissionais de turismo em contato com o mais variado tipo de pessoas, vindas de diversos locais do país e do mundo.

No entanto, temos certeza que em meio a essa diversidade de pessoas, você já deve ter identificado perfis semelhantes e padrões de comportamento que se repetem entre os seus visitantes. 

E ainda mais: provavelmente, também identificou um perfil de cliente que você gostaria de atrair mais, por ter um padrão de consumo, de ações e de preferências consideradas ideais, pois se relacionam bem e oferecem retorno financeiro para o seu serviço.

Se você já pensou que gostaria de atrair mais esses clientes que parecem ser o ideal para o seu receptivo, saiba que existem estratégias que te auxiliam a atraí-los.

Hoje nós vamos te ensinar como descomplicar o marketing, criar estratégias eficientes e se comunicar com o cliente ideal do seu negócio para que você invista recursos no que realmente traz resultados.

Descomplicando as estratégias de marketing

Passo 1: pense em estratégias mais segmentadas e menos gerais

O primeiro passo para descomplicar a maneira como você faz o marketing e a divulgação do seu negócio é não tentar atingir todo mundo ou o máximo de pessoas possíveis.

Com base no tipo de passeio oferecido, nas características da região e dos demais pontos turísticos próximos ao seu receptivo, busque atingir as pessoas que têm mais propensão de se atraírem por aquela experiência.

Mas como eu faço essa definição de cliente? É o que nós mostramos no tópico abaixo.

Passo 2: defina quem é seu cliente ideal

Faça um exercício de reflexão e pense: quem são os seus principais consumidores?

Aqueles clientes que as vendas são mais fáceis ou cuja experiência oferecida pelo seu receptivo combina exatamente com o que eles buscam.

Em seguida, observe como estes clientes vivem a experiência do serviço, busque entender o por quê eles compram e de que forma se relacionam com a empresa. Essa pessoa tem o potencial para ser o seu cliente ideal.

Com base no comportamento desses consumidores, defina padrões e crie uma persona. 

Por exemplo: Vitor, 33 anos, graduado em Arquitetura e Urbanismo, tem um emprego estável, renda média de R$ 4.000 a R$ 6.000, é ambicioso, gosta de viajar para ter novas aventuras e ampliar o repertório de referências. Tem preferência por cidades históricas e gosta de restaurantes locais bem conceituados.

Para facilitar esse processo, você pode utilizar esse gerador de personas.

Abaixo, nós explicamos como segmentar e porque a definição de persona ou cliente ideal é diferente de segmentação e porque as duas são importantes.

Passo 3: segmentação de público

A segmentação de público é um nível anterior à definição de persona, mas ela é tão importante quanto.

Segmentar o público nada mais é que atribuir características demográficas, geográficas e psicográficas aos seus visitantes.

Se você utiliza um sistema eficiente para fazer a gestão das reservas, muitas informações para segmentar já estão disponíveis no próprio cadastro dos clientes.

Por exemplo: idade, faixa etárias, localização, estado civil, renda, nível de escolaridade, as aspirações, o estilo de vida e as preferências culturais, religiosas e políticas.

Note que, ao contrário da definição de persona, a segmentação é mais geral e visa alcançar um grupo que compartilha de características e preferências.

Passo 4: mantenha o contato e relacionamento por e-mail

Com todas essas definições de público, é possível compreender uma lição: cada pessoa é única e vai se relacionar com o seu receptivo de uma maneira. Por isso, quanto mais personalizada for a comunicação com cada cliente, mais chances você tem de obter sucesso.

Sabendo que o e-mail é uma informação obrigatória no cadastro, que tal utilizá-lo de forma inteligente e estratégica para se comunicar com o cliente?

Conquistar a confiança do cliente a ponto de ter um canal de contato direto com ele é uma etapa a ser ultrapassada e, quando você já possui esse canal direto, deixar de explorá-lo é um erro que pode custar caro para a sua empresa!

Utilize as informações de segmentação e persona acima para criar trilhas de e-mail com conteúdos e informações interessantes, de acordo com os perfis de clientes.

Outra forma necessária de explorar esse canal é compreendendo a jornada do cliente. Lembre-se que, antes de concluir uma compra, cada cliente passa por um processo desde o primeiro contato até ganhar maturidade para efetuar a compra.

Você pode interferir e auxiliar diretamente nesse processo criando uma trilha de e-mails que respeita as etapas da jornada, oferecendo informações, detalhes da experiência, personalizações, benefícios, até chegar o momento da oferta.

Passo 5: ofereça conteúdos úteis e utilize ferramentas para automatizar envios

São as ferramentas indispensáveis para que você ganhe escala e não precise realizar as tarefas manualmente. 

Imagina enviar 100 e-mails manualmente para seus clientes?

É uma estratégia inviável que impossibilita manter um relacionamento com os turistas. No entanto, existem ferramentas gratuitas, como o MailChimp, que possibilitam que você faça este envio de maneira massificada, utilizando filtros e criando trilhas para entregar o conteúdo certo para o cliente certo.

Na hora de criar os conteúdos, pense nas principais dúvidas que podem surgir sobre os passeios, nas informações históricas, nos benefícios e parcerias, criando uma trilha que mescla informação, curiosidade, ofertas personalizadas e relacionamento com os visitantes.

Se os processos aí no seu receptivo ainda estão indefinidos e manuais, saiba que ainda não é tarde para começar! A pandemia fez com que as pessoas ficassem ainda mais conectadas.

Enquanto os turistas ainda não se sentem 100% seguros para viajar como antes, invista este tempo para organizar a casa, se preparar e começar a se comunicar com antigos e novos clientes abordando eles de um jeito estratégico e cada vez mais inteligente

Temos certeza que, dentro de alguns meses, você começará a colher resultados que vão durar por anos!

Quer ficar por dentro dos nossos conteúdos?

Siga o nosso Instagram!

Você ficará por dentro de todos os conteúdos do turismo, como novidades, dados, dicas e e-books! 

Compartilhe esse post
Matheus Henrique
Matheus Henrique
Inovar o turismo, potencializando experiências e transformando resultados.
Conheça a Paytour

Outros artigos que separamos para você

Saiba como os millennials consomem turismo atualmente

Você sabe quem são os millennials? Ainda não? Então continua essa leitura que a gente vai te explicar quem são, qual a relação deles com as compras realizadas online e como eles podem consumir os seus passeios e atrativos turísticos.  Também chamados de geração Y, os millennials levam esse nome por serem conhecidos como a […]

LEIA MAIS →

Você conhece a jornada de compra do turista?

    Você conhece o processo de compra do turista? Entender essa etapa é essencial para que você facilite a sua comunicação com o possível cliente e esteja tendo um processo de venda mais fluído.     O processo de compra é o modelo utilizado para mapear onde se encontra o seu cliente nesse estágio, […]

LEIA MAIS →

Férias de julho: se prepare para aumentar suas vendas nesse período

As férias de julho são um período em que toda a família se une para explorar novos horizontes e viver novas experiências. É o mês em que as escolas promovem o recesso escolar e os estudantes querem aproveitar bastante com seus parentes as diversas opções de lazer. Com isso, esse perfil de turista costuma viajar […]

LEIA MAIS →