Guia completo de como organizar excursões

diversas e criar memórias duradouras com amigos, colegas ou familiares. 

Enquanto as excursões acadêmicas são comuns em contextos educacionais, as excursões pagas são frequentemente buscadas por viajantes ávidos em busca de experiências enriquecedoras e convenientes.

Ao organizar uma excursão comercial, é preciso atentar-se à importância do planejamento inicial. Tal etapa é fundamental para entender os elementos-chave que irão contribuir para o sucesso global da excursão. 

Nesse artigo, exploraremos em detalhes os elementos-chave do planejamento inicial de excursões, oferecendo insights valiosos e orientações práticas para aqueles que buscam organizar excursões bem-sucedidas e lucrativas.

O que é uma excursão?

Em sua essência, uma excursão é uma jornada organizada que leva um grupo de pessoas a um destino específico por um determinado período de tempo. Essas viagens podem variar em escopo e propósito, abrangendo desde visitas educacionais a museus e locais históricos até escapadas relaxantes em ambientes naturais ou urbanos.

O que diferencia uma excursão de uma viagem comum é a cuidadosa preparação e organização que a antecede. Ela envolve a coordenação de transporte, alojamento, atividades planejadas e, o mais importante, a criação de uma experiência memorável e enriquecedora para todos os participantes.

Conteúdos que você também pode gostar:

Etapas do planejamento

O processo de planejamento inicial é o alicerce sobre o qual toda a excursão é construída. Envolve uma série de etapas cuidadosas que visam definir os objetivos da viagem, selecionar o destino apropriado e estabelecer as bases para uma experiência gratificante.

Definindo objetivos da excursão

Antes de tudo, é essencial para os organizadores de excursões comerciais identificar claramente o objetivo da viagem. O objetivo pode variar significativamente dependendo do nicho de mercado, das preferências dos clientes e das tendências do setor turístico. Alguns objetivos comuns podem incluir:

  • Oferecer uma experiência cultural autêntica em um destino específico.
  • Proporcionar aventuras emocionantes em locais exóticos.
  • Explorar paisagens naturais deslumbrantes e promover o ecoturismo.
  • Facilitar viagens de lazer e relaxamento para destinos turísticos populares.

Escolha do destino e localização

Ao escolher o destino e a localização, os organizadores devem levar em conta os interesses e preferências do público-alvo, bem como as tendências emergentes do mercado turístico. 

Pesquisas de mercado, análises de concorrência e feedback dos clientes anteriores podem fornecer insights valiosos para orientar essa decisão crítica.

Determinado o público-alvo e participantes

Conhecer o público-alvo e os potenciais participantes da excursão é fundamental para garantir o sucesso comercial da viagem. 

Dessa determinação, os organizadores devem considerar diversos fatores, como faixa etária, interesses, poder aquisitivo e preferências de viagem. 

Isso permite que eles desenvolvam pacotes turísticos personalizados e estratégias de marketing eficazes que ressoem com o público-alvo específico.

Calculando os custos envolvidos

Busque equilibrar a oferta de uma experiência de alta qualidade com a manutenção de uma estrutura de preços competitiva e acessível para os clientes. Isso requer uma análise minuciosa das despesas e receitas projetadas, bem como a identificação de oportunidades para otimizar os recursos e maximizar a lucratividade da excursão.

Ao avaliar as despesas essenciais, os organizadores devem considerar:

  • Os padrões de qualidade esperados pelos clientes.
  • As necessidades específicas do destino e do público-alvo.
  • As tendências de mercado e as práticas da indústria turística.

Seleção do transporte, acomodação e insumos necessários

A seleção adequada de transporte e acomodação desempenha um papel crucial no sucesso de uma excursão comercial. Esses elementos não apenas influenciam o conforto e a conveniência dos participantes, mas também contribuem significativamente para a qualidade geral da experiência turística oferecida.

Nesta etapa, os organizadores devem considerar diversos fatores, incluindo:

  • Tamanho do Grupo: O número de participantes influenciará a escolha do meio de transporte. Ônibus, vans, trens ou até mesmo aviões podem ser considerados, dependendo da escala e das necessidades da excursão.
  • Distância e Destino: A distância a ser percorrida e as características do destino (se é urbano, rural, montanhoso, etc.) afetarão a seleção do transporte mais adequado.
  • Conforto e Segurança: Priorizar o conforto e a segurança dos participantes é essencial. Verificar as condições dos veículos, a reputação das companhias de transporte e os padrões de segurança são passos importantes nesse processo.
  • Flexibilidade e Logística: A flexibilidade de horários, paradas programadas e adaptação a imprevistos são aspectos relevantes a considerar na escolha do transporte.
  • Localização: A proximidade da acomodação com as principais atrações e pontos de interesse é fundamental para maximizar o tempo e a conveniência dos participantes.
  • Instalações e Serviços: Avaliar as instalações oferecidas (como quartos, banheiros, áreas comuns, etc.) e os serviços disponíveis (como café da manhã, Wi-Fi, estacionamento, etc.) é essencial para garantir uma experiência positiva para os participantes.
  • Reputação e Avaliações: Pesquisar a reputação e as avaliações de outros hóspedes pode fornecer insights valiosos sobre a qualidade da acomodação e ajudar na tomada de decisão.
Van para excrusões

Criação de um cronograma de atividades

O cronograma de atividades é uma peça fundamental no planejamento de excursões comerciais, pois fornece uma estrutura organizada para as experiências e eventos que os participantes vivenciarão durante a viagem.

Uma excursão comercial bem-sucedida deve oferecer uma variedade de experiências interessantes e enriquecedoras para os participantes. Isso inclui visitas a pontos turísticos, atrações e atividades culturais que reflitam a essência e a diversidade do destino escolhido.

Aqui vão algumas considerações para a criação do seu cronograma de atividades:

  • Busque investir na variação de diversidade de atividades;
  • Nutra um equilíbrio entre conhecimento e lazer;
  • Tenha uma programação flexível;
  • Busque contato com guias e especialistas locais.

Caprichar na comunicação e no Marketing

A divulgação da excursão é fundamental para atrair participantes e pode ser feita por meio de canais online, mídias sociais, e-mails e outros meios de comunicação digital. 

É crucial esclarecer detalhes importantes para os participantes, como requisitos de embalagem, documentos de viagem necessários e quaisquer instruções específicas relevantes para a experiência. 

Manter linhas de comunicação abertas é essencial para garantir que os participantes possam expressar dúvidas, preocupações e receber informações atualizadas, promovendo assim uma experiência mais tranquila e bem-sucedida para todos os envolvidos.

Concluindo…

Para os organizadores iniciantes, sugerimos começar com uma abordagem focada em compreender as necessidades e expectativas do público, buscando sempre aprimorar suas habilidades de planejamento e execução. 

Por fim, incentivamos uma mentalidade de busca contínua por excelência, aprendizado e aprimoramento, visando proporcionar experiências cada vez melhores e mais memoráveis aos participantes.

Esperamos que essas sugestões sejam úteis no planejamento e execução de suas futuras excursões. Se precisar de um sistema de reservas para gerir e comercializar os bilhetes das suas atividades, fala com a gente. Sucesso e até breve!

Compartilhe esse post
Irineu do Paytour
Irineu do Paytour
Analista de Marketing e Comunicação do Paytour.

Outros artigos que separamos para você

6 motivos para vender no turismo utilizando o PIX

Você já parou para pensar como essa forma de pagamento pode revolucionar a maneira como você vende experiências turísticas? Acredite, as possibilidades são infinitas! 

LEIA MAIS →

Entenda de vez a diferença entre Turismo Emissivo e Turismo Receptivo

Se você busca entender a diferença entre o turismo emissivo e o turismo receptivo, está no lugar certo. Confira o artigo e compreenda de uma vez por todas.

LEIA MAIS →

Entenda como o ChatGPT pode contribuir com as empresas de turismo

Ao utilizar o ChatGPT como suporte no turismo, você ganha em produtividade e qualidade de atendimento, gerando resultados positivos tanto para você quanto para seus clientes.

LEIA MAIS →
Você é do turismo e não vende online?
Clique aqui que a gente te liga

Solução

Acompanhe nossas redes sociais

Fale com a gente

Comercial

[email protected]

Avaliações

Credenciado

Credenciado

Aceleração

Desenvolvido por Paytour