Dia da Mulher no Turismo: o que fazer e o que não fazer

No dia 8 de março é comemorado o Dia da Mulher. Esta não é apenas uma data para celebrar, mas também uma oportunidade para refletir sobre práticas e atitudes que promovem a igualdade de gênero e o reconhecimento do papel das mulheres na sociedade. 

Desde a discriminação salarial até a falta de representatividade em cargos de liderança, as mulheres continuam a enfrentar desafios sistemáticos que limitam seu crescimento profissional e seu potencial de realização.

Esses desafios refletem desequilíbrios estruturais profundamente enraizados na sociedade, que exigem ações coletivas e políticas transformadoras para promover a igualdade de gênero e garantir oportunidades justas para todas as profissionais.

Nesta leitura, vamos explorar as empresas do turismo podem fazer e o que devem evitar para tornar esta data um momento realmente significativo para as suas colegas de trabalho e clientes.

A importância da mulher no turismo

Sem arrodeios ou frases prontas, podemos afirmar que as mulheres são célebres protagonistas do mercado turístico e da sociedade como um todo. 

Elas são o maior público viajante e as que mais tomam decisões relacionadas a viagens e experiências. Também são as mulheres que representam a maior porcentagem de trabalhadores do setor turístico. Por outro lado, são as que menos ocupam postos de comando.

O preconceito de gênero muitas vezes se manifesta de maneiras sutis, como estereótipos que questionam a capacidade das mulheres de liderar ou assumir posições de responsabilidade.

De acordo com a Organização Mundial do Turismo (OMT), 54% dos empregos do setor turístico são ocupados por mulheres, que ganham menos que os homens nas mesmas posições.

Conteúdos que você também pode gostar:

Como as empresas do turismo podem contribuir com as pautas do Dia da Mulher?

As empresas do turismo têm um papel fundamental em contribuir com as pautas do Dia da Mulher ao promoverem ambientes de trabalho inclusivos e políticas que valorizem a igualdade de gênero.

As empresas podem adotar políticas de recrutamento e seleção que garantam a diversidade de gênero em todos os níveis hierárquicos, e oferecer benefícios que apoiem o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal, como licenças parentais remuneradas e flexibilidade de horários. 

Ao reconhecer e celebrar as contribuições das mulheres no setor do turismo, as empresas não apenas fortalecem suas equipes e culturas organizacionais, mas também contribuem para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária.

Atitudes a evitar

Discriminação de gênero: Evite práticas discriminatórias, como tratamento diferenciado com base no gênero. Todos os profissionais devem ser avaliados com base em seu desempenho e competências, independentemente do gênero.

Salários injustos: Evite disparidades salariais entre funcionários do mesmo nível hierárquico com base no gênero. Garanta que as mulheres recebam salários justos e equitativos, alinhados com suas responsabilidades e contribuições para a empresa.

Falta de representatividade: Evite a falta de representatividade das mulheres em posições de liderança e tomada de decisão. Promova a igualdade de oportunidades e apoie o desenvolvimento profissional das mulheres, oferecendo programas de mentoria e capacitação.

Assédio e intimidação: Zero tolerância para qualquer forma de assédio, intimidação ou discriminação no ambiente de trabalho. Estabeleça políticas claras contra o assédio e promova uma cultura organizacional baseada no respeito mútuo e na dignidade de todos os colaboradores.

Atitudes para incentivar

Criação de Ambientes Inclusivos: Promova um ambiente de trabalho inclusivo e acolhedor, onde todas as vozes sejam ouvidas e valorizadas. Encoraje a colaboração e o respeito mútuo entre os membros da equipe, independentemente do gênero.

Programas de Capacitação: Ofereça programas de capacitação e desenvolvimento profissional específicos para mulheres, visando fortalecer suas habilidades e competências e promover seu crescimento na carreira.

Promoção da Diversidade: Incentive a diversidade em todas as áreas da empresa, incluindo recrutamento, seleção e promoção de funcionários. Valorize as diferentes perspectivas e experiências que as mulheres trazem para a equipe.

Equilíbrio entre Trabalho e Vida Pessoal: Promova políticas que apoiem o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal, como flexibilidade de horários e licenças parentais remuneradas. Reconheça e respeite as responsabilidades familiares e pessoais das mulheres.

Reconhecimento do Protagonismo Feminino: Celebre as conquistas e o protagonismo das mulheres no turismo, destacando suas histórias de sucesso e contribuições para a indústria. Reconheça publicamente seu trabalho e esforço, incentivando outras mulheres a seguir seus passos.

E comercialmente? Como abordar o dia da mulher no turismo?

Comercialmente, as empresas do setor turístico podem abordar o Dia da Mulher de várias maneiras criativas e sensíveis:

Pacotes Especiais: Oferecer pacotes de viagem ou experiências turísticas exclusivas para mulheres, com descontos ou benefícios adicionais durante o mês de março.

Eventos Temáticos: Organizar eventos temáticos ou workshops voltados para mulheres, como retiros de bem-estar, tours culturais liderados por mulheres guias e workshops de culinária.

Promoções Personalizadas: Criar promoções personalizadas que atendam aos interesses e necessidades do público feminino, como viagens em grupo para destinos populares entre mulheres ou experiências de aventura e natureza.

Parcerias com Marcas Femininas: Estabelecer parcerias com marcas femininas ou empreendedoras locais para oferecer produtos ou serviços exclusivos durante o Dia da Mulher, como spas, salões de beleza, lojas de roupas e acessórios.

Campanhas de Marketing Empoderadoras: Desenvolver campanhas de marketing que celebrem as conquistas das mulheres no turismo, destacando histórias inspiradoras de mulheres viajantes, empreendedoras e profissionais do setor.

Ofertas Especiais para Grupos: Criar ofertas especiais para grupos de mulheres, como descontos em reservas de hotéis ou atividades de lazer para celebrações de aniversário, despedidas de solteira ou viagens em família.

Experiências de Aprendizado: Proporcionar experiências de aprendizado e desenvolvimento pessoal, como aulas de idiomas, workshops de fotografia ou tours gastronômicos, que possam interessar ao público feminino.

Um compromisso que vai além do 8 de março

Incentivar a igualdade de gênero no turismo requer um compromisso contínuo com a eliminação de barreiras e a promoção de oportunidades equitativas para todos os profissionais, independentemente do gênero.

Essas práticas fortalecem as empresas ao mesmo tempo em que enriquecem o setor do turismo como um todo, tornando-o mais diversificado, inclusivo e dinâmico.

Compartilhe esse post
Irineu do Paytour
Irineu do Paytour
Analista de Marketing e Comunicação do Paytour.

Outros artigos que separamos para você

Qual a diferença entre Turismo Doméstico e Turismo Internacional?

Entenda de uma vez a diferença entre essas duas modalidades de turismo, e confira conselhos para trabalhar com cada uma delas.

LEIA MAIS →

Como tirar o melhor proveito das vendas online no turismo e entregar o que o viajante espera?

Entenda como explorar as vendas online com assertividade, quais recursos utilizar para aumentar as conversões e entregar o que o cliente precisa.

LEIA MAIS →

21 ideias de postagens para o Instagram de Guias de Turismo

A ascensão do Instagram como uma plataforma de marketing e comunicação transformou a maneira como os guias de turismo interagem com os viajantes em potencial.  Através de imagens vívidas, vídeos inspiradores e histórias cativantes, os guias têm a oportunidade única de apresentar seus serviços ao mesmo tempo em que compartilham suas próprias perspectivas, conhecimentos e […]

LEIA MAIS →
Você é do turismo e não vende online?
Clique aqui que a gente te liga

Solução

Acompanhe nossas redes sociais

Fale com a gente

Comercial

[email protected]

Avaliações

Credenciado

Credenciado

Aceleração

Desenvolvido por Paytour